Foi aberta ao público na última sexta-feira (18), na Galeria de Artes do Sesc Avenida, em Parnaíba, a exposição “Artropic” que traz réplicas perfeitas de pintores mundialmente conhecidos como Van Gogh, Fernando Bottero, Jack Vettriano, Salvador Dali, Norman Rockwell e Monet.

As peças são assinadas pelo artista suíço Claude Aeschlimann que morou em Parnaíba de 1994 a 2001.

A exposição segue até 18 de novembro, aberta ao público, das 8h às 12h e das 14h às 20h.

Claude Aeschlimann tem uma característica própria como a de não seguir uma temática específica. Pintava seus quadros com certa liberdade como se pode observar nas obras de seu acervo pessoal.

O acervo é composto por os autorais pintados pelo próprio artista, a colação particular da família do artista, com obras que ele costumava adquirir em suas viagens pelo mundo e as réplicas de Claude: trabalhos de pintores mundialmente conhecidos.

Sobre Claude Aeschlimann

Claude Aeschlimann nasceu na Suíça Alemã em Iverdon no ano de 1949, estudou em Genebra onde concluiu seus estudos e terminou o curso de Mecânico de Precisão. Chegou ao Brasil em 1994 onde conheceu Julia Cabral com quem constituiu matrimônio e escolheram a cidade de Parnaíba para fixar moradia. Tiveram duas filhas Cecilia Aeschlimann e Natalia Aeschlimann.

Na cidade de Parnaíba abriu uma pequena loja mecânica e também ministrou aulas de Química e Matemática no colégio Visão a convite de um amigo.

Em 2001, adoeceu e retorna ao seu país de origem em busca de tratamento para sua saúde. De 2001 a 2007 viajou por diversos países; esteve na Tailândia, Espanha, Itália, dentre outros. Era nessas viagens que Claude demonstrava sua paixão pela arte e a tomou como sua válvula de escape.

Faleceu, em 2010 na Suíça, sua esposa Julia Aeschlimann e filhas retornaram ao Brasil trazendo consigo algumas obras da coleção particular do artista e que hoje conservam representando a memória afetiva da família.